user preferences

New Events

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana

no event posted in the last week

Em Apoio ao Povo em Luta na Colômbia

category brazil/guyana/suriname/fguiana | repressão / prisioneiros | policy statement author Wednesday May 12, 2021 23:01author by Coordenação Anarquista Brasileira - CABauthor email cab.br at riseup dot netauthor address cabanarquista.org Report this post to the editors
Diante da brutal repressão perpretada pelo governo de Iván Duque contra as e os que lutam na Colômbia, fazemos um chamado à solidariedade ativa, para organizar jornadas de protesto em todos os territórios e para denunciar, por todos os meios possíveis, o que hoje assola o povo colombiano.

O mundo hoje volta os olhos para a Colômbia; suas ruas e estradas têm sido o cenário onde o povo transborda sua digna raiva num grito impetuoso que ressoa e não pode passar despercebido. O protesto social, em curso de forma ininterrupta desde 28 de abril, é a resposta ao agravamento da pobreza e da precarização da vida (consequências inevitáveis do modelo neoliberal) que, em meio à crise sanitária, econômica e social, traduzem-se em 1,7 milhão de lares colombianos onde só se come duas vezes ao dia, uma taxa de desemprego de 14,2% e cerca de metade da população, 42,2%, em condição de pobreza.

Situações semelhantes vivem os povos em diferentes regiões do mundo. Na América Latina, por exemplo, no fim do ano passado, a taxa de pobreza chegava a 33,7%, o desemprego a 10,7%, e 78 milhões de pessoas encontravam-se em situação de pobreza extrema (8 milhões a mais que em 2019). A resposta dos governos de turno a essa crise social tem sido as tentativas de ajuste econômico, ou seja, o aumento e a diversificação da tributação para a classe trabalhadora, expressados, para o caso colombiano, na terceira tentativa de reforma tributária do governo ultradireitista Iván Duque. Quem paga pela crise não são seus principais responsáveis, e sim o povo empobrecido e explorado.

Neste contexto, milhares de pessoas na Colômbia têm se mobilizado, especialmente a juventude popular. Nos bairros, ruas e rodovias, o povo resiste e mantém os protestos com barricadas, panelaços e assembleias. A justa luta que hoje trava o povo colombiano alimenta a onda de manifestações e revoltas que desde 2019 têm se desenvolvido na América Latina como momentos de ruptura que reativam a organização popular.

De sua parte, o Estado colombiano tem respondido, como fazem todos os estados quando veem seus interesses ameaçados, com repressão e violência desproporcionais. As cifras são assustadoras e falam por si só: em 8 de maio se registravam 47 pessoas assassinadas (39 por violência policial), 451 feridas (32 com lesões oculares e 32 feridas por armas de fogo), 12 vítimas de violências de gênero, 548 desaparecidas e 963 detidas.1.

Diante da brutal repressão perpetrada pelo governo de Iván Duque contra as e os que lutam na Colômbia, fazemos um chamado à solidariedade ativa, para organizar jornadas de protesto em todos os territórios e para denunciar, por todos os meios possíveis, o que hoje assola o povo colombiano. A solidariedade internacionalista é a salvaguarda das lutas que forjamos, por isso hoje apoiamos as demandas da greve nacional: o fim da violência estatal, a retirada da reforma da saúde e a garantia de uma renda básica universal!

Solidariedade com os povos que lutam!
Viva a Greve Nacional!
Frente à repressão estatal, autodefesa e organização popular!



☆ Grupo Libertario Vía Libre (Colombia)
☆ Coordenação Anarquista Brasileira – CAB
☆ Federación Anarquista Uruguaya – FAU
☆ Federación Anarquista de Rosario – FAR (Argentina)
☆ Organización Anarquista de Córdoba – OAC (Argentina)
☆ Organización Anarquista de Tucumán – OAT (Argentina)
☆ Roja y Negra - Organización Política Anarquista (Buenos Aires, Argentina)
☆ Federación Anarquista Santiago – FAS (Chile)
☆ Union Communiste Libertaire (Francia & Bélgica)
☆ Embat - Organització Llibertària de Catalunya
☆ Alternativa Libertaria – AL/fdca (Italia)
☆ Devrimci Anarşist Federasyon – DAF (Turquía)
☆ Organisation Socialiste Libertaire – OSL (Suiza)
☆ Workers Solidarity Movement - WSM (Irlanda)
☆ Αναρχική Ομοσπονδία - Anarchist Federation (Grecia)
☆ Melbourne Anarchist Communist Group - MACG (Australia)
☆ Aotearoa Workers Solidarity Movement - AWSM (Aotearoa / Nueva Zelanda)
☆ Zabalaza Anarchist Communist Front - ZACF (Sudáfrica)

Related Link: http://cabanarquista.org/2021/05/11/declaracao-internacionalista-colombia/
This page can be viewed in
English Italiano Deutsch

Front page

Reflexiones sobre la situación de Afganistán

Αυτοοργάνωση ή Χάος

South Africa: Historic rupture or warring brothers again?

Declaración Anarquista Internacional: A 85 Años De La Revolución Española. Sus Enseñanzas Y Su Legado.

Death or Renewal: Is the Climate Crisis the Final Crisis?

Gleichheit und Freiheit stehen nicht zur Debatte!

Contre la guerre au Kurdistan irakien, contre la traîtrise du PDK

Meurtre de Clément Méric : l’enjeu politique du procès en appel

Comunicado sobre el Paro Nacional y las Jornadas de Protesta en Colombia

The Broken Promises of Vietnam

Premier Mai : Un coup porté contre l’un·e d’entre nous est un coup porté contre nous tou·tes

Federasyon’a Çağırıyoruz!

Piştgirîye Daxuyanîya Çapemenî ji bo Êrîşek Hatîye li ser Xanîyê Mezopotamya

Les attaques fascistes ne nous arrêteront pas !

Les victoires de l'avenir naîtront des luttes du passé. Vive la Commune de Paris !

Contra la opresión patriarcal y la explotación capitalista: ¡Ninguna está sola!

100 Years Since the Kronstadt Uprising: To Remember Means to Fight!

El Rei està nu. La deriva autoritària de l’estat espanyol

Agroecology and Organized Anarchism: An Interview With the Anarchist Federation of Rio de Janeiro (FARJ)

Es Ley por la Lucha de Las de Abajo

Covid19 Değil Akp19 Yasakları: 14 Maddede Akp19 Krizi

Declaración conjunta internacionalista por la libertad de las y los presos politicos de la revuelta social de la región chilena

[Perú] Crónica de una vacancia anunciada o disputa interburguesa en Perú

Nigeria and the Hope of the #EndSARS Protests

© 2005-2021 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]