user preferences

New Events

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana

no event posted in the last week
brazil/guyana/suriname/fguiana / gênero Thursday March 09, 2017 13:57 by Coordenação Anarquista Brasileira
featured image

As mulheres da Coordenação Anarquista Brasileira aproveitam a data de 8 de março para lembrar uma vez mais que tal dia é um dia de luta e memória; assim como tem sido todo o tempo, mulheres se rebelam! Contra o patriarcado, contra o machismo, contra a falta de direitos, contra o Estado, contra o capitalismo, mulheres têm se revoltado sempre!

brazil/guyana/suriname/fguiana / repression / prisoners Tuesday October 25, 2016 15:23 by farj   text 1 comment (last - tuesday october 25, 2016 20:40)
featured image

The Campaign for the Freedom of Rafael Braga makes a call for collectives, movements and popular organizations all over the world to join us in the International Campaign for the Freedom of Rafael Braga.

One of the main issued raised by the Campaign is the motivation behind the arrest of Rafael Braga. He was arrested and condemened in 2013 even without being a protester. He was arrested because he is Black and poor. Because he is not an activist, no mobilizations were made at the time and he was tried and condemned very quickly. Even after his sentencing, the mobilization around his case never achieved the level of the mobilizations around the case of other arrests of militants in 2013 and 2014. Rafael is a symbol of the penal selectivity and structural racism of the justice system of Brazil.

[Português]

brazil/guyana/suriname/fguiana / movimento anarquista Wednesday September 07, 2016 15:42 by Coordenação Anarquista Brasileira   text 1 comment (last - wednesday september 07, 2016 20:14)
featured image

O PT buscou sua governabilidade operando uma política de alianças que atraia e dividia setores oligárquicos da direita. Assim, foi empurrado para vala comum dos conchavos, lobbies, propinas, caixa dois, entre tantos esquemas de desvios de verbas públicas e favorecimentos de negócios privados. Na sociedade armou uma política de pacto social que fez chegar mecanismos de governo sobre as duas pontas da estrutura de classes. Fez política de crescimento dos ganhos do sistema financeiro e dos grandes capitais e, ao lado disso, atendeu com programas sociais os mais pobres que estavam desassistidos de políticas públicas. Mas deixou intactas as estruturas de concentração da riqueza e do poder, além de ter destinado boa parte dos orçamentos para o pagamento da dívida pública. Ou seja, os chamados “avanços” tiveram um preço alto para o país, em que a barriga dos poderosos ficou mais cheia ainda.

O resultado da engenharia de poder montada pelo PT, dentro da lógica desenvolvimentista, foi um golpe parlamentar que se criou nas oportunidades que o PT deu a direita oportunista.

Summary on Opinion of Anarchist Brazilian Coordination (CAB)
on actual brazilian conjuncture and the recent coup d'etat


brazil/guyana/suriname/fguiana / education Tuesday July 12, 2016 15:33 by Coordenação Anarquista Brasileira
featured image

Não é de hoje que a educação é vista como uma mercadoria disponível no balcão de negócios dos governos e dos patrões ou como um instrumento de dominação política e ideológica dos de cima sobre os/as de baixo. De norte a sul no Brasil e em várias partes do continente latino-americano, os de cima impõem reformas educacionais, projetos de lei, ajustes fiscais e todo o tipo de medidas que visam precarizar e desqualificar ainda mais as condições de trabalho, de estudo e colocar por inteiro as escolas e universidades sob a lógica hegemônica do capitalismo financeiro.

Porém, nesta conjuntura de retirada de direitos e deterioração da qualidade de vida (seja pelos péssimos salários ou pelo aumento dos preços), no campo da educação, não está ausente a resistência e a luta dos educadores, educadoras, estudantes e todos e todas aquelas que defendem uma educação pública, gratuita e a serviço das demandas da classe oprimida. São as greves dos trabalhadores e trabalhadoras da educação e, mais recentemente, as ocupações de escolas em diversos estados do Brasil, as respostas dos de baixo frente a esses ataques.

brazil/guyana/suriname/fguiana / movimento anarquista Friday April 29, 2016 16:29 by OAZ
featured image

Nosso papel é construir conjuntamente, a nível social os caminhos para transformação da realidade, que não virá de forma espontânea. Diante disso tudo, nós, grupo de militantes anarquistas, no auge de suas reflexões, enxergando todos os desafios e barreiras impostas, e acreditando na organização como ferramenta fundamental para se chegar a um futuro justo e livre de toda ordem de opressão, fundamos a OAZ (Organização Anarquista Zabelê), que leva em seu nome uma grande guerreira indígena piauiense chamada Zabelê, que fazia parte da tribo Amanajós, localizada a poucos quilômetros de Oeiras, Zabelê foi morta e Tupã resolveu transformar a índia em uma ave que canta triste sempre ao entardecer. Enxergamos em Zabelê uma grande guerreira e queremos visibilizar as minorias que sempre estiveram presentes em nossa história, então decidimos carregar conosco um grande símbolos de nossa raiz, nesse contexto surge o nome Organização Anarquista Zabelê – OAZ!

newsfilter

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana

Mon 27 Mar, 12:41

browse text browse image

selection_11.jpg imageRevista Socialismo Libertário 3 Mar 16 22:15 by Coordenação Anarquista Brasileira (CAB) 0 comments

Terceiro número da revista Socialismo Libertário, publicada pela Coordenação Anarquista Brasileira (CAB). Veja aqui link para baixar a revista e para os artigos!

peq_2.jpeg imageO que é Anarquismo? Mar 16 22:10 by Coordenação Anarquista Brasileira (CAB) 0 comments

Neste momento, em que tem havido, por um lado, uma ampla retomada de interesse nos pensamentos e na prática anarquista e, por outro, pouco conhecimento do tema, nos propomos a contribuir, neste breve texto, para que o anarquismo seja melhor e mais adequadamente conhecido.

peq.jpeg imageObjetivos Finalistas Mar 16 22:05 by Coordenação Anarquista Brasileira (CAB) 0 comments

Afirmamos dois objetivos que entendemos por finalistas: a revolução social e o socialismo libertário. A revolução social tem por objetivo destruir a sociedade de exploração e dominação. O socialismo libertário é o que dá o sentido construtivo à revolução social.

peq_1.jpeg imagePara uma Teoria da Estratégia Mar 16 22:00 by Coordenação Anarquista Brasileira (CAB) 0 comments

Texto da CAB que conceitua estratégia e seus grandes elementos.

chamada_postagem.png imageInterview with dona Adriana, mother of Rafael Braga Mar 13 05:13 by farj 0 comments

click on the link for the video! https://www.youtube.com/watch?v=4UYfVyO9FuA&feature=youtu.be

17098449_10202782067788643_6029611647994281172_n.jpg imageNós anarquistas saudamos o 8 de março: dia internacional de luta e resistência das mulhere... Mar 09 13:57 by Coordenação Anarquista Brasileira 0 comments

As mulheres da Coordenação Anarquista Brasileira aproveitam a data de 8 de março para lembrar uma vez mais que tal dia é um dia de luta e memória; assim como tem sido todo o tempo, mulheres se rebelam! Contra o patriarcado, contra o machismo, contra a falta de direitos, contra o Estado, contra o capitalismo, mulheres têm se revoltado sempre!

O vice golpista, a presidenta deposta e o ex-presidente que se confundiu com o inimigo imageA ex-esquerda caiu por sua derrota ideológica Jan 28 10:34 by BrunoL 0 comments

Afirmo de maneira categórica: A ex-esquerda sucumbiu por ignorância ou subestimação do conceito de ideologia e a consequência direta da falsa ideia de hegemonia na sociedade brasileira. Como também afirmo há tempos, chegando ao ponto da exaustão por repetição do conceito, não trato da hegemonia de tipo superficial ou rasteira, quando se entende – de maneira equivocada – “ter hegemonia” a simplesmente impor alguns nomes para certos cargos-chave em instituições importantes dentro de uma sociedade estruturalmente desigual. Isso não é hegemonia, talvez hegemonismo, velho vício das esquerdas encantadas com a tentação autoritária.

bakh.jpg imageVida e Obra de Bakunin Jan 17 18:40 by Felipe Corrêa 0 comments

Introdução ao livro "Revolução e Liberdade: cartas de 1845 a 1875", de Mikhail Bakunin, publicado pela editora Hedra em 2010.

"Autonomy and struggle: students and workers decide!" imageBrazil: High school students show way forward for working class resistance Dec 16 19:07 by Jonathan Payn 0 comments

In September 2016 the Brazilian government published a Provisional Measure (MP 746) outlining a reform in secondary education that would have devastating consequences for the education system, disproportionately affecting majority-black working class students. Students responded with direct action and occupied schools in the state of Paraná, with occupations soon spreading to at least six other states. One month later 600 high schools in Paraná alone had been occupied to protest the government’s attack on public education – which comes in the context of a broader attack on the working class through a Proposed Constitutional Amendment (PEC 241) that threatens to freeze public spending on health, education and social welfare until 2037.

bak5.jpg imageSocial Classes and Bureaucracy in Bakunin Nov 04 01:34 by Felipe Corrêa 0 comments

This article – almost fully extracted from my book Teoria Bakuniniana do Estado [Bakuninian Theory of the State] – aims to realize a brief discussion on the theory of social classes and bureaucracy elaborated by Mikhail Bakunin in his anarchist period. What are the criteria that define the social classes? Which are the social classes? Are there dominant and oppressed classes? How can class struggle be defined? What is bureaucracy? How does it relate to other social strata? These are some of the questions the text tries to answer.

text[Santos-SP/Brasil]: Companhia de teatro é atacada pela PM e Guarda Municipal Oct 31 05:25 by R.U. 0 comments

Integrantes da Trupe Olho da Rua, companhia de teatro de rua, foram cercados, ameaçados e um dos seus integrantes foi preso pela PM de Santos na tarde deste domingo, 30 de Outubro.

chamada_postagem.png imageInternational Campaign for the Freedom of Rafael Braga/Campaña Internacional por la Libert... Oct 25 15:23 by farj 1 comments

The Campaign for the Freedom of Rafael Braga makes a call for collectives, movements and popular organizations all over the world to join us in the International Campaign for the Freedom of Rafael Braga.

One of the main issued raised by the Campaign is the motivation behind the arrest of Rafael Braga. He was arrested and condemened in 2013 even without being a protester. He was arrested because he is Black and poor. Because he is not an activist, no mobilizations were made at the time and he was tried and condemned very quickly. Even after his sentencing, the mobilization around his case never achieved the level of the mobilizations around the case of other arrests of militants in 2013 and 2014. Rafael is a symbol of the penal selectivity and structural racism of the justice system of Brazil.

[Português]

460_0___30_0_0_0_0_0_chamada_postagem.jpg imageCampaña Internacional por la Libertad de Rafael Braga Oct 20 06:57 by farj 0 comments

La Campaña por la Libertad de Rafael Braga llama a colectivos, movimientos y organizaciones populares de todo el mundo a unirnos en la Campaña Internacional por la Libertad de Rafael Braga.

Una de las principales demandas planteadas por la campaña es el por qué Rafael ha sido, y todavía sigue encarcelado. Rafael Braga ha sido detenido y condenado en 2013, aunque no fuera manifestante. Fue detenido por ser Negro y pobre. Porqué no era militante, no hubo movilización en contra de su detención en ese entonces, y fue rápidamente juzgado y condenado. Incluso después de su condena, las movilizaciones por la libertad de Rafael Braga no han tenido la misma atención que las luchas por la libertad de otros presos en las manifestaciones del 2013 y 2014. Rafael es un símbolo de la selectividad penal y del racismo estructural que impregna la justicia brasileña.

[English]

Por 61 votos a 20, os senadores do Brasil consumaram o golpe parlamentar contra a ex-esquerda imageA sessão final do golpe com nome de impeachment no Senado, parte 2 – epílogo da Operação C... Sep 11 07:28 by Bruno Lima Rocha 0 comments

No final da manhã e início da tarde de quarta feira, 31 de agosto de 2016, o Brasil assistiu pela televisão aberta e por assinatura, a destituição da presidente Dilma Rousseff, com pouco mais de um ano e meio decorridos de seu segundo mandato. A traição teve como um dos pivôs o próprio vice, Michel Temer, eleito e reeleito junto à Dilma, com a bênção de Lula e da direção nacional do PT. Neste breve texto, trago algumas evidências, categorias e debates os quais entendo como urgentemente necessários.

Ex-aliados cobram a fatura do golpe no plenário do Senado imageA sessão final do golpe com nome de impeachment no Senado – parte 1 Sep 11 07:20 by Bruno Lima Rocha 0 comments

A manhã de 26 de agosto de 2016, na sessão especial do julgamento do Senado presidida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Ricardo Lewandowski, demonstrou a ruptura entre a oligarquia e a ex-esquerda. Ao definir o andamento do processo de impeachment, o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), definiu o mesmo como “um hospício” e na sequência afirmou que fez pressão e intermediou a retirada do indiciamento da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e de seu marido, o ex-ministro das Comunicações e do Planejamento, Paulo Bernardo.

textRepetir jargões ou pensar a conjuntura por um prisma anarquista Sep 10 12:40 by Rafael V. da Silva 0 comments

Historicamente temos formas de análise conjuntural anarquista a problemas complexos que envolvem as movimentações dos de cima. Mas se todos os governos são iguais, para que faz análise de conjuntura? Substitui-se assim, a análise de conjuntura por meia dúzia de jargões e se tem o problema, como falsamente resolvido. O resultado é pobre, do ponto de vista analítico e pior, convence muito mal

cab.jpg imageOpinião da CAB diante a atual conjuntura Brasileira Sep 07 15:42 by Coordenação Anarquista Brasileira 1 comments

O PT buscou sua governabilidade operando uma política de alianças que atraia e dividia setores oligárquicos da direita. Assim, foi empurrado para vala comum dos conchavos, lobbies, propinas, caixa dois, entre tantos esquemas de desvios de verbas públicas e favorecimentos de negócios privados. Na sociedade armou uma política de pacto social que fez chegar mecanismos de governo sobre as duas pontas da estrutura de classes. Fez política de crescimento dos ganhos do sistema financeiro e dos grandes capitais e, ao lado disso, atendeu com programas sociais os mais pobres que estavam desassistidos de políticas públicas. Mas deixou intactas as estruturas de concentração da riqueza e do poder, além de ter destinado boa parte dos orçamentos para o pagamento da dívida pública. Ou seja, os chamados “avanços” tiveram um preço alto para o país, em que a barriga dos poderosos ficou mais cheia ainda.

O resultado da engenharia de poder montada pelo PT, dentro da lógica desenvolvimentista, foi um golpe parlamentar que se criou nas oportunidades que o PT deu a direita oportunista.

Summary on Opinion of Anarchist Brazilian Coordination (CAB)
on actual brazilian conjuncture and the recent coup d'etat

xsx.png imageSummary on Opinion of Anarchist Brazilian Coordination (CAB) on actual brazilian conjunctu... Sep 06 17:24 by translation and summary by tucum 0 comments

The outcome of the coup among the powerful that ousted President Dilma Rousseff, marking the possible end of the cycle called "neo-developmentalist", led in recent decades by PT [Worker’s Party]. The crisis and political instability on the top floor, next to the power struggles and the interests of national and international capital governments have created a very opportune time for a political, legal and media coup on the PT by the Brazilian elite, faithful doormat of the international market interests.

In all this, our anarchist opinion wants to demarcate position without any illusion in state conspiracies, opinion which seeks to be from our popular base to give combat to the violent suppression of rights and the brutal adjustment that is being applied.

Artigo completo em português

textNovo site do Arquivo Bakunin Aug 17 00:50 by Arquivo Bakunin 0 comments

Curta a página do Arquivo Bakunin: https://www.facebook.com/Arquivo-Bakunin-1088745281220411/

lavajatompfbr.jpg imageOperação Lava Jato: comunicação mediada e apelação midiática Aug 13 01:15 by BrunoL 0 comments

A Operação Lava Jato é um marco na história brasileira em todos os sentidos. Ao afirmar que é marcante e criva um paradigma, não me refiro a esta operação jurídico-policial como necessariamente positiva. No final das contas, o volume de dúvidas é equivalente ao de certezas. Ficamos na dúvida se a operação criminaliza toda atividade de Estado e nos certificamos que as empreiteiras de sempre são culpadas de novo.

pig.jpg imageOperação Lava Jato: comunicação mediada e apelação midiática Aug 12 21:01 by Bruno Lima Rocha 0 comments

Artigo de análise política sobre a Operação Lava Jato e sua exibição midiática

ocupaesescolas.jpg imageGreve, Piquete, Marcha e Ocupação! Educadores e Estudantes unidos pela Educação! Jul 12 15:33 by Coordenação Anarquista Brasileira 0 comments

Não é de hoje que a educação é vista como uma mercadoria disponível no balcão de negócios dos governos e dos patrões ou como um instrumento de dominação política e ideológica dos de cima sobre os/as de baixo. De norte a sul no Brasil e em várias partes do continente latino-americano, os de cima impõem reformas educacionais, projetos de lei, ajustes fiscais e todo o tipo de medidas que visam precarizar e desqualificar ainda mais as condições de trabalho, de estudo e colocar por inteiro as escolas e universidades sob a lógica hegemônica do capitalismo financeiro.

Porém, nesta conjuntura de retirada de direitos e deterioração da qualidade de vida (seja pelos péssimos salários ou pelo aumento dos preços), no campo da educação, não está ausente a resistência e a luta dos educadores, educadoras, estudantes e todos e todas aquelas que defendem uma educação pública, gratuita e a serviço das demandas da classe oprimida. São as greves dos trabalhadores e trabalhadoras da educação e, mais recentemente, as ocupações de escolas em diversos estados do Brasil, as respostas dos de baixo frente a esses ataques.

olimpiadirio675.jpg imageBreve sguardo sul Brasile alla vigilia delle Olimpiadi Jul 09 22:42 by Un brasiliano residente in Italia e militante di Alternativa 0 comments

Di questo si tratta, sin dal 1500, costruire un alternativa di paese, un altra storia, un altro potere. Le Olimpiadi passeranno, e lasceranno dietro di sé una scia di sangue e abusi percettibili nelle nuove opere e riorganizzazione dello spazio urbano. Ma la ruspa delle classi dominanti che ha rimosso interi quartieri e intere vite, non è ancora riuscita a passare sopra l’indignazione organizzata, e ci auguriamo che non passerà mai, dando tutta la nostra solidarietà a chi tutti i giorni combatte il razzismo, il terrore, il sessismo e lo sfruttamento.

Aún no hay una vinculación directa de todos estos plegadores, con las propuestas neoconservadoras de la extrema derecha, pero sí de la línea neoconservadora y de la llamada de la Teología de la Prosperidad. imageLa Nueva y vieja derecha en Brasil Jun 28 05:22 by BrunoL 0 comments

26 de junio 2016, Bruno Lima Rocha

En este primero artículo de la serie de la nueva-derecha, desarrollo la idea, de cómo el censo común fue siendo colonizado por ideas reaccionarias, que terminan siendo un modo reactivar las tímida políticas, de reconocimiento promovidas por el gobierno temporalmente alejado y el pacto *lulista iniciado en 2003. El rastro de este reaccionarismo social y de penetración en la cultura y en la religión, es un espectáculo dantescos de misoginia, de homofobia y uno rechazo “medieval” a los avances obtenidos dentro de la Constitución Federal de 1988.

O problema societário está na capacidade de massificação desta postura – existe, não seria majoritária, mas tolerada, e fazendo muito barulho – e os confrontos inevitáveis daí advindos. imageNo rastro da nova-velha direita e o giro reacionário do senso comum brasileiro – 2 Jun 21 08:31 by BrunoL 0 comments

20 de junho de 2016, Bruno Lima Rocha

Introdução da segunda parte da série

Neste segundo artigo da série da nova-direita, desenvolvo a ideia de como o senso comum foi sendo colonizado por ideias reacionárias, que terminam sendo um modo reativo diante das tímidas e, por vezes, pífias políticas de reconhecimento promovidas pelo governo temporariamente afastado e o pacto lulista iniciado em 2003. Na esteira deste reacionarismo social e de âmbito na cultura e na religião, vemos espetáculos dantescos de misoginia, de homofobia e um rechaço “medieval” aos avanços obtidos dentro da Constituição Federal de 1988. Insisto na tese de linha chilena, ao menos até 1981, quando o pau de arara e as máquinas de moer carne humana das forças repressivas de Augusto Pinochet e cia. eram complementadas pelo asqueroso preceito dos Chicago Boys, doutores e mestres em economia na Universidade de Chicago, para onde foram às dezenas por duas décadas a soldo de bolsas do Império.

La suma de todos los errores: Dilma abrió agujero fiscal y comprometió ganancias sociales: con estímulos artificiales imageDespués del alejamiento forzoso de la presidente Dilma Rousseff Jun 06 05:27 by BrunoL 0 comments

05 de junio de 2016, Bruno Lima Rocha

El Senado brasileño concluyó alrededor de 6.30 de la mañana de 12 de mayo de 2017 un golpe blanco, perfectamente orquestado, alejando a presidente reelecta Dilma Rousseff (PT), por 55 votos a favor del alejamiento contra 22 por el mantenimiento en el cargo. Con esta votación, el PMDB llega al poder por la tercera vez de forma indirecta. Antes con Tancredo Nieves y José Sarney en 1985, en el retorno de Itamar Franco para el partido de Ulisses Guimarães en 1992 después del impedimento de Fernando Collor de Mellor y ahora con Michel Temer – vicepresidente reelegido - asumiendo el Palacio del Planalto por haber sido reelegido en la misma chapa de la exguerrillera.

Não cabe neste primeiro momento apontar supostos “erros ou acertos” dos governos de Lula e Dilma e sim debater, a dimensão estratégica, ou a ausência desta dimensão, quando apontada ao médio e longo prazo. imageUma crítica por esquerda aos militantes ainda vinculados ao governo deposto – 1 Jun 06 01:33 by BrunoL 0 comments

03 de junho de 2016, Bruno lima Rocha

Iniciar um debate como esse é sempre um tema delicado. Nos espaços onde publico e circulam ideias por mim difundidas, percebo que as críticas são bem recebidas e, ao mesmo tempo, posso estar abrindo feridas políticas com interpretações que podem ser bastante sectárias. Ainda que reconheça este risco, estou abrindo uma nova série, compartilhando tanto a crítica à nova direita que cresce na onda reacionária a tomar conta de parte do Brasil, como fazendo a crítica por esquerda, de forma, mas sincera.

Estes dois operadores político-religiosos de matriz econômica se aproximam de um programa ultraliberal, com as viúvas e viúvos da ditadura e um culto ao revanchismo da linha dura diante da transição negociada comandada por Ernesto Geisel e Golbery Coutot imageNo rastro da nova-velha direita e o giro reacionário do senso comum brasileiro – 1 May 27 23:12 by BrunoL 0 comments

23 de maio de 2016, Bruno Lima Rocha

Introdução

Neste primeiro artigo para o Comitê em Defesa da Democracia a ser publicado no Jornal Já e redistribuído através das redes alternativas, inicio uma breve série tentando mapear a nova (velha) direita. O objetivo deste e dos textos que seguem é tentar identificar a origem contemporânea do giro reacionário do senso comum brasileiro e suas similitudes com o conservadorismo dos EUA, e, por consequência, a transferência do léxico, do glossário e das identidades políticas gestadas no interior do sistema político do Império. Entendo que, se identificarmos os focos domésticos e internacionais do pensamento conservador, reacionário, ultraliberal e com laços neofascistas, estaremos aptos a tentar estancar o que venho afirmando como “fedor de linha chilena” tendo vasto crescimento no Brasil.

No triste discurso de Dilma Rousseff, a presidente enumera suas dores, todas respeitáveis. Mas, sinceramente, o que mais dói é ver uma ex-guerrilheira ser derrubada por uma base de direita com a qual ela própria aceitou como aliada de conveniência. imageO afastamento da presidente Dilma Rousseff. Uma reflexão crítica pela esquerda May 17 02:37 by BrunoL 0 comments

16 de maio de 2016, Bruno Lima Rocha

O Senado concluiu por volta de 6h30min da manhã de 12 de maio de 2017 um golpe branco, perfeitamente orquestrado, afastando a presidente reeleita Dilma Rousseff, por 55 votos a favor do afastamento contra 22 pela manutenção no cargo. Com esta votação, o PMDB chega ao poder pela terceira vez de forma indireta. Antes com Tancredo Neves e José Sarney em 1985, no retorno de Itamar Franco para a legenda de Ulisses Guimarães em 1992 após o impeachment de Fernando Collor de Mello e agora com Michel Temer assumindo o Planalto por ter sido reeleito na mesma chapa da ex-guerrilheira. Dilma recebera 54 milhões de votos em 2014 e trazia consigo o vice-presidente eleito com ela em 2010, através de uma aliança defendida ainda no governo pelo ex-ministro da Casa Civil de Lula, José Dirceu de Oliveira e Silva em 2005 e ampliada pela hoje presidente afastada quando a mesma fora indicada para a pasta antes ocupada pelo ex-todo poderoso capa preta da legenda petista.

Estoy convencido de la posibilidad real de proponer y garantizar, por medio de presión y los mecanismos de fuerza popular, enmiendas constitucionales los que se requerirían referendos para cambiar algunas cuestiones. imageLa crisis política y las formas posibles extravíos y de la democracia brasileña May 17 01:52 by BrunoL 0 comments

16 de mayo de 2016, Bruno Lima Rocha

Brasil está pasando por un momento muy interesante, desde un punto de vista analítico y sin esperanza para aquellos que quieren transformar la sociedad brasileña igualitaria según el punto de vista. Sería una ilusión no ver que estamos frente a un golpe consumado dentro de los ritos formales de nuestro marco legal e institucional.

more >>
© 2005-2017 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]