user preferences

New Events

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana

no event posted in the last week

Lançamento Livros Elisee Reclus

category brazil/guyana/suriname/fguiana | história do anarquismo | comunicado de imprensa author Wednesday July 21, 2010 05:59author by Adriano Skoda - Biblioteca Terra Livreauthor email bibliotecaterralivre at gmail dot com Report this post to the editors

A editora anarquista Imaginário acaba de lançar três livros de Élisée Reclus em português, são eles:
Élisée Reclus – Renovação de uma Cidade / Repartição dos Homens
Élisée Reclus – Da Ação Humana na Geografia Física / Geografia Comparada no Espaço e no Tempo
Élisée Reclus – Do Sentimento da Natureza nas Sociedades Modernas

Élisée Reclus - Da Ação Humana na Geografia Física / Geografia Comparada no Espaço e no Tempo
Élisée Reclus - Da Ação Humana na Geografia Física / Geografia Comparada no Espaço e no Tempo

É com o enorme prazer que venho lhes informar que os primeiros 3 livros de Elisse Reclus, traduzidos por Plínio Augusto Coelho, e publicados pela editora Imaginário juntamente com a editora Expressão e Arte acabam de ser lançados e estão disponíveis para venda. Os livros trazem capítulos selecionados da volumosa obra "O homem e a Terra". As traduções foram minuciosas, feitas a partir do original em francês. Para todos aqueles que compreendem o trabalho de Reclus como meramente descritivo aqui estão os textos essencialmente críticos apresentados pelo autor. Segue um pouco de cada livro:

Élisée Reclus - Do Sentimento da Natureza nas Sociedades Modernas

http://imaginario.lojapronta.net/produtos_descricao.asp...to=82
"Quanto a saber o que na obra do homem serve para embelezar ou, então, contribui para degradar a natureza exterior pode parecer fútil a espíritos pretensamente positivos: ela não deixa de ter uma importância de primeira ordem. Os desenvolvimentos da humanidade ligam-se da maneira mais íntima com a natureza circundante. Uma harmonia secreta estabelece-se entre a terra e os povos que ela nutre, e quando as sociedades imprudentes permitem-se erguer a mão contra o que faz a beleza de sua região, elas acabam sempre por arrepender-se. Lá onde o solo enfeou-se, lá onde toda poesia desapareceu da paisagem, as imaginações desvanecem-se, os espíritos empobrecem-se, a rotina e o servilismo apoderam-se das almas e dispõem-nas ao torpor e à morte.

Entre as causas que na história da humanidade já fizeram desaparecer tantas civilizações sucessivas, deve-se contar em primeira linha a brutal violência com a qual a maioria das nações tratam a terra nutriz. Abatiam as florestas, faziam secar as fontes e transbordar os rios, deterioravam os climas, cercavam as cidades de zonas pantanosas e pestilentas, depois, quando a natureza, por eles profanada, tornara-se-lhes hostil, eles a odiavam, e, não podendo refortalecer-se como o selvagem na vida das florestas, deixavam-se cada vez mais embrutecer-se pelo despotismo dos padres e dos reis.
"

Élisée Reclus - Renovação de uma Cidade / Repartição dos Homens

http://imaginario.lojapronta.net/produtos_descricao.asp...to=81
"Fossem os edis de uma cidade, sem exceção, homens de um gosto perfeito; se cada restauração ou reconstrução de edifício fizesse-se de uma maneira irrepreensível, nem por isso todas as nossas cidades deixariam de oferecer o deplorável e fatal contraste do luxo e da miséria, conseqüência necessária da desigualdade, da hostilidade que separam em dois o corpo social. Os bairros suntuosos, insolentes, têm por contrapartida casas sórdidas, ocultando por trás de seus muros exteriores, baixos e deteriorados, pátios gotejantes, montes repugnantes de pedregulho, miseráveis assoalhos de ripas. Mesmo nas cidades cujos administradores buscam encobrir hipocritamente todos os horrores mascarando-os por cercas decentes e embranquecidas, a miséria não deixa de transpassar: sente-se que lá atrás a morte realiza sua obra mais cru elmente do que alhures."

Élisée Reclus - Da Ação Humana na Geografia Física / Geografia Comparada no Espaço e no Tempo

http://imaginario.lojapronta.net/produtos_descricao.asp...to=80
A geografia, considerada em seu sentido estrito e buscada de uma maneira exclusiva, é um dos estudos mais perigosos. Por sinal, qual é a ciência que não pode ser endurecida, dessecada, privada de toda seiva, reduzida a nada quando se a estuda isoladamente, sem amplitude de espírito, sem largueza de concepções? Todo saber humano deve ter sua parcela de humanidade. Seria melhor não ter aprendido nada e conservar sua inteligência livre, pronta a receber impressões completamente novas, do que encher a cabeça de um imenso cafarnaum sem responder a qualquer idéia.

Élisée Reclus. Em 1871, participou ativamente da Comuna de Paris. Preso e condenado à deportação para Nova Caledônia, sua pena é comutada para dez anos de banimento. Na Suíça participou da Federação Jurassiana com Bakunin e James Guillaume. A partir de 1894, instalou-se em Bruxelas onde, sob sua impulsão, foi criada a Universidade Nova, bem como o Instituto de Altos Estudos, em 1894, no qual lecionou. Reclus participou de inúmeros jornais, revistas e brochuras. Mas é sobretudo o autor das extraordinárias obras de geopolítica Nova Geografia Universal: a Terra e os Homens (19 volumes) e O Homem e a Terra (6 volumes), nas quais analisa a relação do homem com o seu meio.

Aos interessados em outras obras de Reclus, a editora Imaginário conta com outro livro do autor em seu catálogo.

Elisée Reclus - A Evolução, a Revolução e o Ideal Anarquista

http://imaginario.lojapronta.net/produtos_descricao.asp...to=35
Nenhuma revolução pode realizar-se sem prévia evolução social. Élisée Reclus, o anarquista, não crê na violência, no acaso das balas, quando o povo só assite às revoluções palacianas. É preciso retornar ao indivíduo: É a seiva que faz a árvore, escreve. É nos corações e nas mentes que as transformações devem operar-se. Todavia, os defensores do privilégio nunca cederão de boa vontade à pressão popular.

Related Link: http://bibliotecaterralivre.wordpress.com/

Élisée Reclus - Do Sentimento da Natureza nas Sociedades Modernas
Élisée Reclus - Do Sentimento da Natureza nas Sociedades Modernas

Élisée Reclus - Renovação de uma Cidade / Repartição dos Homens
Élisée Reclus - Renovação de uma Cidade / Repartição dos Homens

This page can be viewed in
English Italiano Deutsch
Employees at the Zarfati Garage in Mishur Adumim vote to strike on July 22, 2014. (Photo courtesy of Ma’an workers union)

Front page

Anarchism, Ethics and Justice: The Michael Schmidt Case

Land, law and decades of devastating douchebaggery

Democracia direta já! Barrar as reformas nas ruas e construir o Poder Popular!

Reseña del libro de José Luis Carretero Miramar “Eduardo Barriobero: Las Luchas de un Jabalí” (Queimada Ediciones, 2017)

Análise da crise política do início da queda do governo Temer

Dès maintenant, passons de la défiance à la résistance sociale !

17 maggio, giornata internazionale contro l’omofobia.

Los Mártires de Chicago: historia de un crimen de clase en la tierra de la “democracia y la libertad”

Strike in Cachoeirinha

(Bielorrusia) ¡Libertad inmediata a nuestro compañero Mikola Dziadok!

DAF’ın Referandum Üzerine Birinci Bildirisi:

Cajamarca, Tolima: consulta popular y disputa por el territorio

Statement on the Schmidt Case and Proposed Commission of Inquiry

Aodhan Ó Ríordáin: Playing The Big Man in America

Nós anarquistas saudamos o 8 de março: dia internacional de luta e resistência das mulheres!

Özgürlüğümüz Mücadelemizdedir

IWD 2017: Celebrating a new revolution

Solidarité avec Théo et toutes les victimes des violences policières ! Non à la loi « Sécurité Publique » !

Solidaridad y Defensa de las Comunidades Frente al Avance del Paramilitarismo en el Cauca

A Conservative Threat Offers New Opportunities for Working Class Feminism

De las colectivizaciones al 15M: 80 años de lucha por la autogestión en España

False hope, broken promises: Obama’s belligerent legacy

Primer encuentro feminista Solidaridad – Federación Comunista Libertaria

Devrimci Anarşist Tutsak Umut Fırat Süvarioğulları Açlık Grevinin 39 Gününde

© 2005-2017 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]