user preferences

New Events

Brazil/Guyana/Suriname/FGuiana

no event posted in the last week

[Brasil/Feira] Carta Aberta do Movimento de Luta pelo Transporte Público

category brazil/guyana/suriname/fguiana | community struggles | comunicado de imprensa author Tuesday June 06, 2006 21:06author by estudantes em luta - Feira de Santana - Bahia - Brasil Report this post to the editors

O Movimento de Luta pelo Transporte Público vem através desta carta aberta, tornar pública sua posição sobre o processo que 3 companheiros, estudantes do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, vem sofrendo por conta de acusações infundadas e irresponsáveis do diretor da escola.


Carta Aberta do Movimento de Luta pelo Transporte Público



O Movimento de Luta pelo Transporte Público vem através desta carta aberta, tornar pública sua posição sobre o processo que 3 companheiros, estudantes do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, vem sofrendo por conta de acusações infundadas e irresponsáveis do diretor da escola. O Movimento de Luta pelo Transporte Público (MLTP) é formado principalmente por estudantes secundaristas e universitários, e suas organizações de luta. Tem disposição de frente única, é independente e autônomo e não está a serviço de nenhum partido e de nenhum político. O MLTP se formou em torno da luta contra o injusto, abusivo e injustificável aumento da tarifa (para R$ 1,50), recentemente concedido pelo prefeito e contra o passe legal e a limitação da meia-passagem. Contudo vem ultrapassando as perspectivas apenas da luta contra o aumento (sendo que a redução imediata da tarifa continua sendo a nossa principal reivindicação, até que seja atendida!), pois acreditamos que para resolver a problemática enfrentada pelo transporte coletivo em Feira de Santana precisamos de uma mudança muito mais profunda, por isso nosso objetivo geral é conquistar um transporte verdadeiramente público, que não exclua os setores mais pobres e os trabalhadores. Além disso, nossa primeira vitória com a aprovação e promulgação da lei n° 67/05, que garante o pagamento direto da meia-passagem, tornando o passe legal facultativo, nos permite avançar na luta que agora é também pelo passe livre (gratuidade nos transportes) para estudantes e desempregados, o que já é realidade em vários locais do Brasil e da América Latina.

Mas, vamos ao caso. No dia 18 de maio, que caiu numa quinta-feira, o MLTP fez um dos vários atos de rua que vem realizando na cidade, e por ocasião do percurso passou em frente ao Colégio Modelo para convocar os estudantes do mesmo para que juntos, com os estudantes de várias outras Escolas e da Universidade, engrossarmos o coro contra o Sincol e o prefeito, o aumento e o passe legal. Contudo o diretor numa atitude autoritária e reacionária, bem lembrando os atos dos diretores de escola na época da ditadura militar, proibiu os estudantes de saírem do colégio. Atitude que só pode ser justificada pela ligação intima ainda não esclarecida do diretor com o prefeito. Ainda por cima, além de proibir os estudantes de participarem do ato o diretor seguiu sua prática autoritária fazendo ameaças, distorcendo os fatos e contando mentiras aos estudantes sobre as intenções e a seriedade do movimento. O tratamento reacionário destas supostas autoridades com o movimento estudantil e popular tem uma formula já conhecida, para eles “a questão social é caso de polícia”, por isso o diretor processou 3 estudantes e tentou responsabilizar o Movimento e o grêmio da Escola, por furto e agressão. Fatos que nós desconhecemos, e que se ocorreram (claro que não da forma que foi colocada!) foram de total responsabilidade de pessoas que não fazem e nunca fizeram parte do Movimento provavelmente infiltradas, servindo assim à quem tem interesses contrários aos dos estudantes.

Nosso objetivo é somar, não dividir. Atrair e não afastar, um movimento que quer conquistar algo (como o nosso vai conquistando) tem que ter muitas pessoas, e pessoas conscientes. Por isso as acusações do diretor não procedem e não vão afetar a nossa luta, que vai continuar! Nem a organização dos estudantes na escola, que de todas as formas ele tanta impedir. Todos á luta! Estamos vencendo... e não é nenhum diretor autoritário, amiguinho do prefeito e dos empresários, que vai fazer nossa luta cessar. Toda solidariedade aos 3 companheiros, injustamente acusados. Nossa resposta será a altura!

REDUÇÃO IMEDIATA DA TARIFA E PASSE LIVRE JÁ!
DERROTAR NAS RUAS OS TUBARÕES DO TRANSPORTE!
ABAIXO O SINCOL!

Movimento de Luta pelo Transporte Público

CONTATOS:
estudantes_em_luta@yahoo.com.br
SITE: afes-rebeldia.blogspot.com

Related Link: http://afes-rebeldia.blogspot.com/2006_06_01_afes-rebeldia_archive.html
This page can be viewed in
English Italiano Deutsch

Front page

Reflexiones sobre la situación de Afganistán

Αυτοοργάνωση ή Χάος

South Africa: Historic rupture or warring brothers again?

Declaración Anarquista Internacional: A 85 Años De La Revolución Española. Sus Enseñanzas Y Su Legado.

Death or Renewal: Is the Climate Crisis the Final Crisis?

Gleichheit und Freiheit stehen nicht zur Debatte!

Contre la guerre au Kurdistan irakien, contre la traîtrise du PDK

Meurtre de Clément Méric : l’enjeu politique du procès en appel

Comunicado sobre el Paro Nacional y las Jornadas de Protesta en Colombia

The Broken Promises of Vietnam

Premier Mai : Un coup porté contre l’un·e d’entre nous est un coup porté contre nous tou·tes

Federasyon’a Çağırıyoruz!

Piştgirîye Daxuyanîya Çapemenî ji bo Êrîşek Hatîye li ser Xanîyê Mezopotamya

Les attaques fascistes ne nous arrêteront pas !

Les victoires de l'avenir naîtront des luttes du passé. Vive la Commune de Paris !

Contra la opresión patriarcal y la explotación capitalista: ¡Ninguna está sola!

100 Years Since the Kronstadt Uprising: To Remember Means to Fight!

El Rei està nu. La deriva autoritària de l’estat espanyol

Agroecology and Organized Anarchism: An Interview With the Anarchist Federation of Rio de Janeiro (FARJ)

Es Ley por la Lucha de Las de Abajo

Covid19 Değil Akp19 Yasakları: 14 Maddede Akp19 Krizi

Declaración conjunta internacionalista por la libertad de las y los presos politicos de la revuelta social de la región chilena

[Perú] Crónica de una vacancia anunciada o disputa interburguesa en Perú

Nigeria and the Hope of the #EndSARS Protests

© 2005-2021 Anarkismo.net. Unless otherwise stated by the author, all content is free for non-commercial reuse, reprint, and rebroadcast, on the net and elsewhere. Opinions are those of the contributors and are not necessarily endorsed by Anarkismo.net. [ Disclaimer | Privacy ]